quinta-feira, 30 de julho de 2020

Cartão Comida Boa pode ser permanente no Paraná, segundo Norberto Ortigara

O secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, afirmou nesta quarta-feira (29) durante sessão na Assembleia Legislativa do Paraná, que o Governo do Estado planeja manter de forma permanente o Cartão Comida Boa.

Ortigara foi convidado pelo deputado Nelson Luersen (PDT) para participar da sessão da Frente Parlamentar do Coronavírus e detalhar o trabalho realizado pela secretaria durante a pandemia.

“Com recursos do Fundo de Combate à Pobreza e aprovada pela Assembleia, a transferência foi uma das formas encontradas pelo Governo para minimizar os prejuízos das famílias nesse momento”, explicou Ortigara

O Cartão Comida Boa permite que 794 mil famílias paranaenses em situação de vulnerabilidade possam receber R$ 50 para realizarem compras em supermercados do estado.

O benefício foi criado para servir como renda complementar para serviços de assistência social, como o auxílio emergencial pago durante a pandemia da Covid-19.

O secretário também destacou o investimento de R$ 20 milhões para a compra de alimentos da merenda escolar para famílias em vulnerabilidade social, que mesmo sem as aulas presenciais puderam pegar os produtos nas escolas.

Todos esses produtos foram comprados de cooperativas de pequenos produtos e beneficiaram 530 mil pessoas em todo Paraná.

“A agropecuária está sustentando a economia do Paraná neste momento, e precisamos garantir que os trabalhadores tenham segurança. ou encaminhar à Mesa Executiva um pedido para a preferência na pauta em projetos para melhorar a vida de quem foi mais prejudicado nesse momento”, analisou o coordenador da Frente Parlamentar, deputado Michele Caputo (PSDB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário