domingo, 19 de julho de 2020

BRIGA de BAR acaba com HOMEM morto e jogado em via pública

A equipe da PM foi acionada para verificar uma situação inicialmente informada como sendo de lesão corporal, onde um indivíduo do sexo masculino estaria caído em via pública, na Rua Ver. Joel Vicentin, Primavera, e apresentava sinais de agressão física. 

Ainda no deslocamento, foi informado de que a equipe do SAMU estava no local e que o doutor, constatou o óbito da vítima. No local, a equipe coletou informações, sendo então identificado o senhor, 57 anos, como a vítima e que o mesmo teria sido agredido pela pessoa, o qual seria proprietário do bar e que após as agressões o autor teria limpado o estabelecimento com uma lavadora de alta pressão (vap) e também teria se evadido do local em um veículo de cor branca. 

A equipe, diante dos fatos, levantou o nome completo do autor após verificar que o mesmo é morador da residência ao lado do estabelecimento, sendo um homem, 45 anos. 

Na residência, situada na mesma via, foi entrado em contato com a esposa do autor, a qual relatou que seu marido passou a lhe contar que teria ocorrido uma discussão com a vítima e que o mesmo se retirou do bar, retornando certo tempo depois com um facão e passou a agredi-lo causando uma lesão na mão esquerda, sendo necessário que o mesmo passasse a se defender entrando em luta corporal com a vitima o qual teria ficado caído no local inconsciente e após isto, o seu marido teria saído com um amigo a procura de atendimento hospitalar. Diante das informações, a equipe solicitou que as demais equipes verificassem a entrada do autor em algumas das casas hospitalares, sendo o mesmo localizado na UPA Batel esperando transferência para o hospital Santa Tereza para tratamento médico.

 No local também foi abordado um senhor, 57 anos, o qual conduzia o veículo VW/ Voyage de cor branca que teria sido utilizado para a fuga do autor. 

             O homem permaneceu no hospital Santa Tereza para realizar procedimento cirúrgico, sendo então conduzido o senhor até a 14ª SDP, na condição de testemunha para elucidar os fatos da ocorrência. Foi solicitado o acionamento dos órgãos competentes, onde se fez presente os investigadores, sendo o corpo recolhido ao IML. 

Diante dos fatos, foi entrado em contato com o delegado, o qual informou que o investigador havia coletado imagens de câmeras de vigilâncias, onde o vítima teria investido contra o homem com um facão e o mesmo teria se defendido entrando em luta corporal com a vítima, sendo assim, no entendimento do delegado de plantão, a situação seria de legítima defesa. Informou ainda ter entrado em contato com o médico legista para que o mesmo desse prioridade na necropsia, afim de declarar o "causa mortis" do senhor.

Fotos populares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário