terça-feira, 9 de junho de 2020

Secretário de licitações de Iporã é preso, e vereadores são alvo de buscas em operação do Gaeco

                               
O secretário de licitações de Iporã, no noroeste do Paraná, foi preso em uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Federal (PF), na manhã desta terça-feira (9).

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), além do secretário municipal, outros três empresários da cidade foram presos em uma operação que investiga crimes contra a lei de licitações e de organização criminosa.

Em outras operações deflagradas na cidade nesta manhã que investigam crimes contra a lei de licitações, o presidente da Câmara Municipal e dois servidores do legislativo municipal foram afastados da função.

Segundo o MP, aconteceram quatro operações diferentes na cidade nesta terça-feira. Em uma delas, vereadores investigados pela compra de votos nas eleições de 2016 foram alvos de mandados de busca e apreensão.

Somadas as quatro operações, foram cumpridos 18 mandados.

O MP não informou os nomes dos alvos das ordens judiciais e nem se os crimes têm ligação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário