sexta-feira, 12 de junho de 2020

Policiais militares de Ponta Grossa são presos em flagrante

O Núcleo de Ponta Grossa do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná, em conjunto com a Polícia Federal e o 1º Batalhão da Polícia Militar, prendeu em flagrante nesta quarta-feira (10) dois policiais militares que praticavam o crime de extorsão.

A prisão ocorreu após a vítima denunciar que estava sendo coagida a entregar quantias em dinheiro em troca de não ser presa. Segundo o relato, as abordagens aconteciam quando os policiais estavam em serviço, inclusive com o uso de viatura da Corporação, e também em dias de folga dos agentes públicos, que atuavam na 1ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar

Também eram enviadas à vítima mensagens de texto e áudio por aplicativo de celular em que os policiais cobravam o pagamento de valores. 

A prisão em flagrante ocorreu no momento em que os policiais recebiam R$ 500,00 em dinheiro da vítima em um posto de combustível no município de Ponta Grossa. Também foram apreendidas arma e munições que não estavam registradas em nome dos agentes e os respectivos aparelhos de telefone celular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário