quinta-feira, 25 de junho de 2020

Mulher é presa ao ARRANCAR a ROUPA e AMEAÇAR policiais em PINHÃO

Por volta das 17h35min do dia 22 de junho de 2020, em ato contínuo, a equipe deslocou até a Estrada secundária acesso invasão Bitur, endereço de uma senhora, pois a vítima teria visualizado mais alguns molinetes, que também seriam do roubo. 

No momento que a equipe policial chegou no local, foi recebida por duas mulheres, as quais antes mesmo dos policiais descerem da viatura começaram a gritar: “o que estão fazendo aqui, vão procurar e prender bandidos, e por isso que os policiais estão morrendo, PM pra mim são todos drogados e ladrões, tem que morrer, pena que só morre no Rio de Janeiro e São Paulo, já passou da hora de isso começar aqui no Pinhão”. A equipe então deu voz de prisão para a mulher e apreensão para a menina, momento que a senhora se segurou em um pilar de concreto falando: “ninguém vai me levar presa”. Enquanto a equipe de apoio se encontrava em deslocamento, a senhora começou a se raspar no pilar e se jogou no chão e começou a se debater contra os objetos, posteriormente levantou e falou: “vocês me agrediram, não querem me matar?”, fato esse que não ocorreu momento algum, apenas foi tentado algemá-la, pois a senhora se encontrava agressiva, vindo inclusive a morder o dedo de um policial enquanto tentava contê-la, o qual houve uma perfuração e estaria sangrando, ela falou: “se for o problema, eu posso fazer sair sangue do meu também”, momento que falou “querem que eu tire minha roupa também?” e em seguida tirou a camiseta e sutiã em frente a equipe policial, falando “vou dizer que vocês tiraram minha roupa, e quer saber de uma coisa, te acuso de estupro”, “faço relação com meu namorado e falo que fiz com vocês”, sendo então pedido que a senhora vestisse a roupa, a qual ao se vestir novamente citou: “o prefeito é nosso amigo, vou falar diretamente com ele pra tirar vocês dois do Pinhão, de preferência expulsar vocês da polícia, porque o prefeito manda nesses Juizinho do Pinhão e nosso advogado vai falar no fórum, nós temos voz nesse fórum”. “a hora que o prefeito quiser mandar no juiz ele manda”. 

A equipe de apoio chegou ao local, então prosseguiu com a revista pessoal em ambas, não sendo localizado nada de ilícito, dada voz de prisão e encaminhadas ambas até a delegacia do Pinhão para os procedimentos cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário