quarta-feira, 10 de junho de 2020

Laranjeiras do Sul - Covid-19 dificulta, mas conscientização sobre o trabalho infantil deve continuar

Doze de junho é o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. Neste ano, não será possível à equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social realizar palestras e trabalhos que envolvam público, por conta das restrições impostas pelo combate à pandemia da Covid-19 – especialmente quanto às aglomerações. Mesmo assim, algumas ações pretendem levar o tema à reflexão, dada a importância de enfrentar o trabalho infantil para garantir um desenvolvimento mais íntegro e saudável às crianças e adolescentes.

“Durante o mês de junho costumamos realizar palestras e orientações para crianças, adolescentes e responsáveis, em entidades de atendimento, escolas e outros locais”, disse a diretora do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo em Laranjeiras do Sul, Janice Couto. “Mas neste ano, contamos com o apoio da imprensa e dos meios digitais para conscientizar a população sobre os problemas do trabalho infantil”, conclamou a diretora. Nas oficinas que são ofertadas em Laranjeiras do Sul, no contra turno escolar, a Secretaria de Assistência Social atende em média 500 crianças e adolescentes, com atividades no Centro de Referência e Assistência Social e no Centro da Juventude. 

Em 2020, a Campanha tem por objetivo alertar para o risco de crescimento do trabalho infantil motivado pelos impactos da pandemia do novo coronavírus. Com o slogan “Covid-19: agora mais do que nunca, protejam crianças e adolescentes do trabalho infantil”, a campanha nacional está alinhada à iniciativa global proposta pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). O objetivo é conscientizar a sociedade e o Estado sobre a necessidade de maior proteção às crianças, com medidas de prevenção e combate ao trabalho infantil, em especial diante da vulnerabilidade socioeconômica resultante da crise provocada pelo novo coronavírus.

As ações de combate a exploração do trabalho infantil são realizadas de forma contínua durante todo a ano. O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil constitui um conjunto de ações que visam retirar crianças e adolescentes menores de 16 anos do trabalho precoce, exceto na condição de aprendiz (a partir de 14 anos). O programa, além de assegurar transferência direta de renda às famílias de baixa renda, oferece a inclusão das crianças e dos jovens em serviços de orientação e acompanhamento. A frequência à escola também é exigida.

O que é o 12 de Junho

O dia 12 de junho, Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002, data da apresentação do primeiro relatório global sobre o trabalho infantil na Conferência Anual do Trabalho. Desde então, a OIT convoca a sociedade, os trabalhadores, os empregadores e os governos do mundo todo a se mobilizarem contra o trabalho infantil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário