sexta-feira, 19 de junho de 2020

Paraná - Governo proíbe venda e consumo de bebidas alcoólicas após as 22h

"Governo proíbe consumir bebidas alcoólicas nas ruas do Paraná por 14 dias, a partir de segunda-feira (22). 

Como medida para evitar aglomerações e consequente aumento da transmissão da Covid-19 no estado, o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) anunciou nesta sexta-feira (19) duas restrições em relação à venda e ao consumo de bebidas alcoólicas em todo o Paraná.

O decreto – já publicado e em vigor – proíbe a venda do produto após as 22 horas pelo período de 14 dias em qualquer estabelecimento: supermercados, bares, restaurantes, lojas de conveniência, entre outros. Segundo o governador, houve um aumento no número de acidentes de trânsito no período da noite que está sobrecarregando hospitais e profissionais de saúde. "[A pessoa] Bebe demais, bate o carro no poste, na árvore e fica usando leito de UTI que estaria à disposição para um infarto, AVC e até mesmo para o atendimento de Covid-19". Ratinho Junior ainda disse que "não dá para gastar a energia dos policiais para ficar cuidando de bêbado que bate o carro na madrugada", quando eles devem estar disponíveis para o apoio das medidas sanitárias.

O consumo de álcool em vias públicas também está vetado em todo o estado após as 22h. "Estamos vendo aglomerações, rodinhas de jovens que se reúnem em 30, 40, 50 pessoas, especialmente em postos de combustíveis. Tem problema de violência, brigas e esses jovens ainda acabando levando o vírus para dentro de casa, para pais e avós", comentou Ratinho.

De acordo com o governador a Polícia Militar dará apoio total aos municípios na fiscalização do novo decreto. "Tanto os municípios maiores, que têm Guarda Municipal, quanto os menores, junto à vigilância sanitária. O decreto autoriza prefeituras a implantar multas e punições para quem não cumprir", afirmou ele, citando até um possível cancelamento na inscrição estadual dos estabelecimentos infratores.

O secretário estadual de Saúde Beto Preto ressaltou que o consumo da bebida alcoólica gera tantos acidentes automobilístico quanto outros de conflitos causados por arma de fogo ou arma branca. "A redução desse tipo de trauma é importante, pois desloca grande força de trabalho em hospitais", completou."

Nenhum comentário:

Postar um comentário