sábado, 23 de maio de 2020

Cena rara: vertedouro da usina de Itaipu abre de forma ininterrupta por mais de 24 horas

Depois de quase um ano, uma cena rara é registrada na usina de Itaipu. A hidrelétrica começou a verter, neste sábado (23), de madrugada, por volta das 0h30 e deve permanecer assim até domingo (24), de forma ininterrupta. É também a primeira vez que o vertedouro fica aberto num fim de semana com as atividades suspensas do turismo, que deve reabrir gradativamente a partir do dia 10 de junho, aniversário de emancipação política de Foz do Iguaçu. Itaipu será cenário nesta data de uma live solidária.

O último grande vertimento durou de 4 de junho até 10 de junho 2019. Na ocasião, a medida foi para regular o nível do reservatório e a segurança da barragem. Naquele mesmo mês, ocorreu novo vertimento, no dia 19, por cerca de três horas e meia. Neste domingo, a abertura do vertedouro deve repetir a mesma programação, seguindo orientações do Operador Nacional do Sistema (ONS), de otimizar água e energia.

Por volta das 11h deste sábado, o reservatório estava operando na cota 218,7 metros acima do nível do mar. Já a jusante (abaixo da usina), a água chega ao nível 99,5 metros. Esse volume, no entanto, pode oscilar em torno de 2 metros durante o dia.

Exceção

Embora a cena seja linda, ela normalmente só ocorre com excesso de água. Mas esta é uma exceção: excepcionalmente, a abertura acontece para ajudar os países vizinhos e só é possível em função da baixa demanda de energia no momento. Abaixo de Itaipu, o nível do rio estava muito baixo, o que inviabilizava a navegabilidade de grandes embarcações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário