terça-feira, 17 de março de 2020

Casos confirmados dobram no Paraná e suspeitos disparam; país tem 1ª morte

Os casos confirmados de coronavírus no Paraná dobraram. Até o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de segunda-feira (16) eram seis os casos positivos. Já no boletim de terça-feira (17) os casos passaram para 12, com novos casos confirmados em Curitiba (2), Cianorte (1), Londrina (1), Campo Largo (1) e Pinhais (1).

Mas, um boletim da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, no fim da tarde de terça, confirmou iutros dois casos, que devem entrar a estatística do Estado nesta quarta (18) ou quinta (19). Assim, seriam 14 os casos no Paraná.

O Ministério da Saúde também divulgou uma atualização dos dados na tarde de terça, e mostrava um enorme salto dos casos suspeitos no Paraná. Eram 85 até segunda e foi a 240, ontem. O aumento de casos suspeitos foi geral. No País, entre a segunda-feira e ontem, os números foram de 2.064 para 8.819, quase quatro vezes mais.

“A diferença dos casos suspeitos é porque existia em vários estados e que não estavam sendo validados muito provavelmente a checagem manual. Afirmamos que era melhor utilizar o sistema automatizado. Mas é mais importante mostrar aumento de notificação do que ficar só nos 2 mil casos”, afirmou Júlio Croda, da equipe do Ministério da Saúde.

No boletim da Secretaria Estadual o número de casos suspeitos não estava atualizado por problemas no sistema do Ministério, informou a Secretaria.

Primeira morte

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou a primeira morte por Covid-19 em São Paulo. “Em quase 300 casos tivemos primeiro óbito. Não podemos falar isso porque podemos ter seis óbitos amanhã (hoje). Não temos condição de falar a letalidade. Brasil é um país jovem, vamos ver como isso funciona”, declarou. O ministro voltou a alertar que o número de casos deve continuar subindo, e muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário