sábado, 25 de janeiro de 2020

Sarampo avança e casos chegam a 787 no Paraná

O número de casos de sarampo confirmados no Paraná desde agosto do ano passado subiu para 787. Em uma semana, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou 34 casos. Desta forma, a doença avançou 4,5% em sete dias. A maior parte dos novos casos foi identificada em Curitiba e região metropolitana. Também houve um caso em Paranaguá, no litoral, em União da Vitória, na região sudeste, e em Sarandi, na região norte.

Conforme o boletim semanal divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, o número de casos em investigação também subiu. Passou de 1.193 para 1.338. Portanto, são 195 novos casos suspeitos desde agosto de 2019. Os dados divulgados nesta quinta-feira (23) também indicam que o sarampo avança com mais força na faixa-etária de 20 a 29 anos.

A vacina que previne o sarampo está disponível gratuitamente nas unidades básicas de saúde. Conforme a Secretaria de Saúde, 1.852 salas de vacinação está preparadas para oferecer a imunização. O esquema vacinal do Ministério da Saúde recomenda que as pessoas com até 29 anos recebam duas doses da vacina tríplice viral.

Quem tem entre 30 e 49 anos é considerado imunizado com apenas uma dose. Crianças que têm entre seis meses e 11 meses de vida também devem tomar a chamada “dose zero” – a antecipação foi uma proposta do Ministério da Saúde após o registro de mortes de bebês infectados com o sarampo. Mais de 1,2 milhão doses foram distribuídas no Paraná no ano passado. A vacina que previne o sarampo é a tríplice viral, que também protege contra a caxumba e a rubéola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário