segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Polícia encontra corpo de DJ que desapareceu após dar carona a desconhecido em Camboriú

A Polícia Militar informou no fim da manhã desta segunda-feira (27) que localizou, no interior de Camboriú, o corpo do DJ Paulo Giovani Teixeira Gonçalves, 35 anos. Ele estava desaparecido desde a madrugada de sexta-feira (24), quando deu carona a um desconhecido na saída de uma festa. 

Paulo, que morava em Porto Belo, teria enviado uma mensagem para a mãe, por volta de 7h da manhã, dizendo que dormiria na casa de um amigo. Mas o carro dele foi encontrado horas depois pela polícia no Centro de Camboriú, abandonado. Os documentos foram achados no domingo, no Bairro Areias, próximo à Escola Clotilde Ramos Chaves.

A Polícia Militar identificou um adolescente de 16 anos, que teria sido a pessoa a quem Paulo deu carona após a festa. Segundo o capitão Rafael Zancanaro, comandante da PM em Camboriú, o adolescente foi quem mostrou aos policiais onde estava o corpo, na localidade de Vila das Pedras. 

O local é ermo - a polícia relatou que foi necessário caminhar 30 minutos, mato adentro, para encontrar Paulo. Ainda de acordo com o comandante da PM, o corpo, aparentemente, não tem marcas de tiros ou facadas. A principal hipótese é que o DJ tenha sido asfixiado.

A Polícia Civil, que assumirá as investigações, já está no local, assim como o Instituto Geral de Perícias (IGP). O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú. 

Neste momento, a principal suspeita é que tenha sido um caso de latrocínio - roubo seguido de morte. A polícia procurará saber, agora, se outras pessoas participaram do crime. Testemunhas relataram que o carro de Paulo foi abandonado, na sexta-feira, por um casal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário