domingo, 26 de janeiro de 2020

Morte de 64 macacos em 21 dias acende alerta para febre amarela em SC

Em 20 dias, Santa Catarina registrou 64 mortes em macacos por suspeita de febre amarela. As notificações dos óbitos destes animais estão concentradas nas regiões do Planalto Norte (São Bento do Sul, Campo Alegre e Rio Negrinho) e Médio Vale do Itajaí (Pomerode, Blumenau e Timbó).

No ano passado, segundo a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), foram notificadas 20 mortes de macacos ao longo do mês de janeiro.

 Nenhuma delas, no entanto, foi confirmada como morte provocada em decorrência da doença. As mortes deste ano ainda estão em análise no Instituto Carlos Chagas Fiocruz do Paraná, laboratório de referência para Santa Catarina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário