sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Paraná - Projeto de lei que proíbe uso de radares por agentes de trânsito em rodoviais estaduais segue na Alep

Durante o tempo em que a operação da PRE (Polícia Rodoviária Estadual), no trecho urbano da BR-467, flagrou dois carros com a velocidade acima do 120 km. E até um caminhão que estava acima do limite permitido, que é de 90 km. Mas as imagens do radar móvel da polícia mostram que motoristas que passaram pelo trecho chegaram a 150 km por hora.

Em um trecho considerado estratégico, na rodovia, o objetivo da fiscalização é de barrar os motoristas infratores com o foco no excesso de velocidade. Além de inibir o excesso de velocidade, segundo a PRE, a presença de radares móveis nas rodovias pode ajudar na redução no número de acidentes ou até mesmo, reduzir a gravidade de possíveis colisões.

Um projeto de lei que proíbe o uso de radares móveis, por agentes de trânsito com aplicação de multas em rodovias do estado do paraná, tramita na Assembléia Legislativa. A proposta por avaliações das comissões internas da casa antes de ser votado em plenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário