sábado, 9 de novembro de 2019

Francischini anunciou votação já na segunda-feira da PEC que determina a prisão em segunda instância

A iminência da soltura de Lula fez o presidente da CCJ, Felipe Francischini, anunciar no Salão Verde da Câmara, a votação já na segunda-feira da PEC que determina a prisão após a segunda instância. As informações são de Evandro Eboli na Veja.

Mas alguns metros dali, no plenário principal da Casa, uma sessão solene sobre educação, comandada pela petista Erika Kokay, do Distrito Federal, virou numa manifestação a favor do petista.

A parlamentar parou o evento para anunciar a decisão do juiz Danilo Pereira. Professores comemoraram com gritos de “Lula Livre”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário