Guarapuava 200 Anos

Guarapuava 200 Anos

sábado, 30 de novembro de 2019

Condenado pai de menino que teve braço amputado após ataque de tigre em Cascavel

Condenado pela Justiça o pai do menino que teve o braço amputado após ser atacado por um tigre em Cascavel, no zoológico em julho de 2014.

Vrajamany Fernandes Rocha, com 11 anos, passeava com o pai no zoológico, pulou a cerca de proteção e colocou o braço para dentro do recinto do tigre HU.

O pai, Marcos do Carmo Rocha foi condenado a três ano de reclusão. No entanto, por ser réu primário, a Justiça concedeu o cumprimento da pena em regime aberto ou com prestação de serviço comunitário. Diante da decisão judicial, Marcos do Carmo Rocha deve permanecer, aos sábados e domingos, por cinco horas diárias, ou seja, das 00h00 até 05h, em sua residência.

Imagens mostraram, na época, que o garoto alimentou e foi incentivado pelo pai a acariciar o animal.

"As circunstâncias do delito, são relevantes e merecem reprovação. Isso porque o réu se omitiu ao não alertar o próprio filho sobre o perigo a que estava exposto e de não o proibir de se aproximar das grades da jaula de um tigre. Ademais, tudo ocorreu em um momento de lazer do réu com a vítima e seu outro filho, uma criança pequena, em um zoológico municipal, onde havia placas de sinalização e uma grade que mantinha o público a uma distância segura da jaula do tigre, tendo sido provado nos autos que o acusado não demonstrou qualquer preocupação com os atos da vítima, tendo, por momentos, até o incentivado.", concluiu a juíza.

O braço de Vrajamany foi puxado para a jaula e os ferimentos foram tão graves que o menino teve o braço amputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário