sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Paranaense de 117 anos pode ser o homem mais velho do mundo

No último dia 2 de outubro, o Instituto de Identificação do Paraná (IIPR), da Polícia Civil do Paraná , fez a carteira de identidade do homem que pode ser o mais velho do mundo. Sebastião Batista dos Santos tem 117 anos, vive no município de Coronel Vivida e é um homem muito simples. Ele teve nove filhos e uma esposa que morreu em 2010, e anda meio debilitado, depois de sofrer um AVC. A papiloscopista Elisa Manoeli pesquisou no site do Guinness Book e viu que a “vaga” do homem mais velho do mundo está aberta, pois o homem mais velho que estava no Guinness tinha 113 anos e já morreu. O cadastro do seu Sebastião no site do Guinness Book já foi feito no dia 3. Agora é aguardar até 12 semanas para ser analisado e eles responderem solicitando as comprovações necessárias, das quais já temos todos os registros.

Até a inscrição de Seu Sebastião no Guinness houve um longo caminho para descobrir a idade dele, que começou com o papiloscopista Fernando José Fabrowsk, Chefe do Setor de Almoxarifado do IIPR, que já conhecia a história do seu Sebastião e a Papiloscopista Elisa Manoeli, asssessora de imprensa, além de vários funcionários que `compraram` o desafio. Os dois viram que a última Carteira de Identidade dele foi expedida em 1990. A partir daí, os funcionários do instituto montaram uma força-tarefa para realizar um atendimento volante e uma entrevista com o senhor Sebastião para contar essa história. Infelizmente, a família não possuía a certidão original de nascimento. Mas dentro do IIPR, há um setor de Digitalização e Microfilmagem, onde foram encontrados o prontuário civil e a cópia da certidão de nascimento do seu Sebastião.

Eles descobriram que nos registos do IIPR que o senhor Sebastião possui a certidão 483-11 folha 212 no cartório de registro civil de Coronel Vivida, registro lavrado em 28 de junho de 1976, de acordo com a lei nº 6015 de 31/12/1973, mediante petição do Juiz de Direito daquela Comarca, portanto. Lá, constava que ele já tinha 74 anos e 9 filhos quando seu registro civil foi lavrado. A papiloscopista Elisa Manoeli, então, fez contato com o identificador de Coronel Vivida, Itamar Bortolazzi, que conseguiu a 2ª Via da Certidão de Nascimento, com isenção de custas no cartório, produziu a foto 3x4 e preparou o requerimento de solicitação da Carteira de Identidade. 

A carteira foi entregue ao seu Sebastião no dia 2, com direito a cobertura da imprensa local e a presença de familiares. Elisa perguntou a ele como estava se sentindo com a visita, ele abriu um grande sorriso e disse que estava muito alegre e agradecido:“Graças a Deus tenho uma vida feliz, ele é nosso pai verdadeiro.”Ela perguntou se ele sabia sobre o Guinness Book, e o que ele achava de entrar para o livro de recordes como o “Homem mais velho do mundo”, ele novamente abriu um grande sorriso e disse: “Isso é uma verdade". Então combinaram com muito otimismo esperar pela resposta do Guinness Book.

Nenhum comentário:

Postar um comentário