sexta-feira, 11 de outubro de 2019

O deputado Artagão Júnior acompanhou o governador Carlos Massa Ratinho Junior na inauguração do viaduto , na entrada de Paranaguá, onde a BR-277

Nesta quinta-feira (10), o deputado Artagão Júnior acompanhou o governador Carlos Massa Ratinho Junior na inauguração do viaduto Nelson Buffara, na entrada de Paranaguá, onde a BR-277 se divide entre as avenidas Ayrton Senna e Bento Rocha. A obra é considerada fundamental para melhorar o trânsito pesado da região e agilizar a movimentação de cargas em direção ao Porto de Paranaguá.

O investimento da empresa pública Portos do Paraná foi de R$ 12,7 milhões. O viaduto fica onde antes existia uma rotatória que gerava engarrafamentos de até cinco quilômetros. “Paranaguá é o local onde se movimenta a produção e os negócios gerados no Paraná. Se a cidade não vai bem, atrapalha o agronegócio e a indústria. De outro lado, se funciona, alavanca toda a produção do Estado”, disse Ratinho Junior.

O deputado Artagão Júnior comemorou. “Nós temos tido o privilégio de representar Paranaguá há alguns anos e acompanhamos a par e passo o trabalho para a conquista desta obra. Eu quero aqui simplesmente falar da nossa alegria de poder ver o resultado deste trabalho e da mobilização de forças”, destacou o parlamentar.

Artagão Júnior também falou da melhoria na logística. “É uma obra que vai fazer muito bem a Paranaguá e ao Paraná, porque aqui é a entrada da cidade e do porto. Todas aquelas filas, todas as dificuldades passam a ficar apenas na lembrança. Parabéns ao governador Ratinho, ao município e a todos nós por podermos prestigiar e presenciar esta conquista tão importante”.

Ao facilitar o trânsito, a obra também contribui com a expectativa de crescimento da movimentação de cargas no porto - já são mais de 50 milhões de toneladas por ano e a previsão é ultrapassar as 80 milhões no médio prazo.

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, o viaduto é a primeira de inúmeras obras importantes que estão com projetos executivos sendo elaborados. “Será um novo ciclo de investimentos em infraestrutura no Litoral do Paraná”, completou.

FILAS E VIDAS SALVAS - Segundo Fernando Furiatti, diretor-presidente do Departamento de Estrada de Rodagem do Paraná (DER-PR), o novo viaduto representa o fim de um problema histórico na entrada de Paranaguá. “Chegamos a ter filas de cinco quilômetros de congestionamento na BR-277. Foram 250 acidentes nos últimos anos. Esse viaduto deverá zerar o número de vítimas”, afirmou. O trecho recebe mais de 400 mil caminhões por ano, o que representa cerca de 120 mil toneladas de cargas.

O diretor-presidente da empresa pública Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, complementou que também haverá ganho de eficiência, já no curto prazo. “Eliminamos a ineficiência na chegada e saída dos caminhões. Temos como concorrentes os portos catarinenses e o de Santos, então qualquer real a mais é jogado na matriz logística e perdemos oportunidades”, destacou.

A ESTRUTURA - O viaduto tem 906 metros de extensão e inclui uma linha principal de chegada e saída e acessos ao seu entorno. Ele tem 6 metros de altura e mais de 7 metros de largura.

O investimento de R$ 12,7 milhões abrangeu serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem e obras de arte correntes, obra de arte especial, sinalizações vertical e horizontal, sinalização provisória e serviços complementares. As obras começaram em julho de 2018 e foram executadas pelo DER-PR.

Mais investimentos

Outro investimento é a recuperação d?a Avenida Bento Rocha (da ponte do Rio Emboguaçu até a Avenida Portuária), importante via de acesso ao Porto de Paranaguá. Os investimentos somam R$ 15,9 milhões e incluem pavimentação de concreto, readequação do sistema de drenagem, nova sinalização vertical e horizontal e nova ciclovia em 2,9 quilômetros de extensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário