segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Promessa do judô brasileiro morre afogado em piscina, em Curitiba

O judoca Gabriel Schlichuta Adriano, de 20 anos, que integrava a seleção sub 21 brasileira, morreu afogado na piscina do imóvel em que morava no Bairro Tingui, em Curitiba. O caso aconteceu neste domingo (9) e gera intensa comoção nas redes sociais. A Federação Paranaense de Judô e a Sociedade Morgenau, onde Gabriel treinava, postaram mensagens de luto.

Segundo presidente da federação paranaense de Judô, Luiz Hiwashita, Gabriel era uma grande promessa. "Já foi campeão brasileiro e o paranaense ganhava todo ano. Ontem, quando recebi a notícia, não acreditei que era verdade. Estamos todos chocados com isso".

Na rede social Facebook, a Sociedade Morgenau, onde Gabriel treinava, postou mensagem de luto. "Sua morte nos deixou muito surpresos, mas esperamos que ele possa estar em um lugar melhor. Agradecemos a todas as mensagens de conforto recebidas até agora. Elas só mostram o quanto era querido por todos, com seu profissionalismo, inteligência, amizade e grande atleta. Devemos sempre lembrá-lo com alegria, gratidão e muita saudade", diz a postagem.

O velório de Gabriel acontece na Capela Vaticano, em Curitiba, e o sepultamento será no Cemitério Paroquial Nossa Senhora do Rosário, em Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário