sábado, 24 de agosto de 2019

Fogo 'embaixo da terra' preocupa moradores de Santa Maria do Oeste

Árvores foram danificadas pelo fogo subterrâneo 

Um fenômeno tem preocupado moradores de Santa Maria do Oeste, na região central do Paraná. Árvores e pinheiros estão sendo consumidos pelo fogo, mas por focos de incêndio que estão embaixo da terra.

De acordo com os moradores, o fogo na região começou há cerca de um mês. Com o incêndio subterrâneo, as raízes da vegetação de reflorestamento estão sendo danificadas. Algumas árvores chegaram a cair.

O agricultor Juliano Monteiro mora na região e tem acompanhado o fenômeno. Ele conta que houve um incêndio na área há algumas semanas. Depois disso, o fogo começou por baixo da terra.

"Mesmo depois da chuva o fogo ainda continua. Eu nunca tinha visto de queimar o chão, é bem esquisito. A gente fica preocupado", disse.

O professor Maurício Camargo, do Departamento de Geografia da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), explica que o fenômeno acontece em áreas conhecidas como turfas.

As turfas são regiões de subsolo que possuem alta concentração de carbono, formada pela alteração de decomposição de matéria orgânica em um ambiente com muita água e sem oxigênio.

"Elas têm uma função primordial para regular o fluxo de água nos nossos rios. Tanto é que são tratadas pela lei como solos que não podem ser drenados ou ocupados", explica.

Segundo o professor, esses ambientes se formaram entre 20 mil e 40 mil anos atrás, quando a condição climática da região tinha uma temperatura média de no máximo 8ºC. Atualmente, essa média é de 16ºC, de acordo com o especialista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário