domingo, 25 de agosto de 2019

Cooperativa Agrária sobe 26 posições no ranking das maiores empresas do país

Praticamente todas as cooperativas paranaenses listadas entre as mil maiores empresas do país pelo jornal Valor Econômico ascenderam na classificação do ranking deste ano, com destaque para a Primato, que subiu 80 posições, a Coagru 75 e a Coasul 54. 

Juntamente com elas, figuram no levantamento a Coamo, C.Vale, Lar, Cocamar, Copacol, Integrada, Agrária, Castrolanda, Frísia, Frimesa, Coopavel, Copagril e Capal, somando 16 cooperativas do Paraná entre as 49 cooperativas de todo o país presentes no anuário Valor 1000. A Cooperativa Agrária subiu 26 posições no ranking, saindo do 232º lugar em 2017 para a 206ª posição este ano.

Classificação - Esta é a 19ª edição da pesquisa, feita em parceria com a Serasa Experian e Centro de Estudos em Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV-Eaesp). Anualmente mais de três mil empresas são convidadas a participar com o envio de suas demonstrações financeiras e o preenchimento de questionários. De acordo com os organizadores, o número de balanços analisados desta vez aumentou 23,5% em relação ao ano anterior (de 1.200 para 1.482). Para chegar às mil maiores, as empresas são classificadas a partir de oito indicadores contábeis e financeiros: receita líquida, margem Ebitda, giro do ativo, margem de atividade, rentabilidade, cobertura de juros, liquidez corrente e crescimento sustentável. Entre eles, o de maior peso é a receita líquida, seguido da margem Ebitda e da rentabilidade do patrimônio. Além disso, as empresas são agrupadas em 28 setores e também são indicadas as campeãs por região.

Entre as maiores do Sul - Na lista das 50 maiores empresas do Sul do país, há 14 cooperativas, entre as quais 11 são paranaenses: Coamo (3º), C.Vale (10º), Lar (14º), Cocamar (23º), Copacol (30º), Integrada (33º), Agrária (34º), Castrolanda (36º), Frísia (43º), Frimesa (44º) e Coopavel (45º).

Nenhum comentário:

Postar um comentário