sexta-feira, 26 de abril de 2019

Paraná - Secretaria da Fazenda quer criar força-tarefa para combater o contrabando e descaminho

A Secretaria Estadual da Fazenda inicia, na próxima sexta-feira (26), as articulações para criar uma força-tarefa para combater os crimes de contrabando e descaminho no Paraná. A iniciativa prevê ainda a criação de um disque denúncia para facilitar a desarticulação de grupos que atuam nas atividades ilícitas.

O secretário da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia Júnior, agendou audiências com representantes de dois segmentos afetados diretamente por este tipo de prática. Às 11h, Renê Júnior se reúne com representantes dos produtores e da indústria do fumo. Às 14h será a vez dos representantes dos produtores de vinhos e destilados.

As duas reuniões serão realizadas na sede da Secretaria da Fazenda, na Avenida Vicente Machado, 445, em Curitiba. “A intenção é criar mecanismo para combater o descaminho e o contrabando, principalmente a falsificação”, disse o presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar/Sindiabrabar), Fábio Aguayo.

“São produtos que invadiram o Paraná e o Brasil, o que está gerando queda de receita, prejuízos à população através do desemprego e riscos a saúde pública”, ressaltou.

A expectativa dos representantes dos setores, é que a força-tarefa estadual vá ao encontro da grande operação de combate ao contrabando e descaminho anunciada pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. A ação inclui a instalação de um projeto-piloto de inteligência de segurança nas fronteiras em Foz do Iguaçu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário