terça-feira, 16 de abril de 2019

Laranjeiras do Sul - Em três dias de campanha município aplicou 522 doses de vacina contra a Gripe

A campanha de vacinação contra a gripe que começou no dia 10 e vai até 31 de maio, conforme o calendário do Ministério da Saúde, aplicou em três dias de campanha, 522 doses em Laranjeiras do Sul. Neste ano, a campanha tem duas fases: na primeira, que vai até esta quinta-feira (18/4), são vacinadas gestantes, crianças entre 6 meses e 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias) e puérperas (mães de recém-nascidos de até 45 dias).

A partir da próxima segunda-feira (22/4), a vacina contra a Influenza será aplicada em todos os públicos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Confira os números em Laranjeiras do Sul, no período de 10 a 12 de abril.

População: 7.040
Doses Aplicadas: 522
Cobertura Vacinal: 7,41%

Crianças
População: 2.498
Doses Aplicadas: 171
Cobertura Vacinal: 6,85%

Trabalhador de Saúde
População: 545
Doses Aplicadas: 33
Cobertura Vacinal: 6,06%

Gestantes
População: 350
Doses Aplicadas: 46
Cobertura Vacinal: 13,14%

Puérperas
População: 58
Doses Aplicadas: 13
Cobertura Vacinal: 22,41%

Idosos
População: 3.509
Doses Aplicadas: 206
Cobertura Vacinal: 5,87%

Indígenas
População: 80
Doses Aplicadas: 56
Cobertura Vacinal: 70%

Quem pode se vacinar nas unidades de saúde?

Na primeira fase (10/4 a 18/4), podem se vacinar 
- Gestantes; 
- Puérperas (mães de recém-nascidos até 45 dias);
- Crianças entre 6 meses e 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias)
Na segunda fase da campanha, a partir de 22/4 até 31/5, podem se vacinar: 
- Gestantes;
- Puérperas (mães de recém-nascidos até 45 dias);
- Crianças entre 6 meses e 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias)
- Pessoas maiores de 60 anos;
- Profissionais da saúde; 
- Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou outras condições clínicas especiais (exemplo: diabetes, doenças cardíacas e respiratórias, distúrbios que comprometem a imunidade, como o câncer, e outras);
- Professores da rede pública e privada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário