quarta-feira, 30 de maio de 2018

Policia MILITAR prende TRAFICANTE com CHEQUES e CARTÃO CRÉDITO de USUÁRIOS

Laranjeiras do Sul
A equipe recebeu uma denúncia anônima via 190, a qual dava conta que no endereço sito na rua tupinambá, na residência do Sr. M.F.G., haveria uma constante movimentação e que o mesmo estaria fazendo tráfico de drogas no local, a denúncia também dava conta de que o indivíduo teria recebido uma grande quantia de drogas. 

A equipe deslocou para apurar as informações sendo abordado o denunciado em frente à residência, durante busca pessoal foi localizado certa quantia de substância análoga à maconha em seu bolso, questionado se com o mesmo haveria mais drogas, este afirmou que não e franqueou a entrada da equipe para realizar a busca. 

Sendo que foi localizado dentro da pia da cozinha mais uma quantidade de substancia análoga à maconha. A sogra do mesmo a Sr.ª C.T.S.S., residente aos fundos da residência do abordado, autorizou a busca em sua residência, sendo localizada uma grande quantidade de substância análoga à maconha acondicionada em três mochilas e também uma porção de substancia análoga à cocaína, num dos bolsos das mochilas foi encontrado dois aparelhos celulares, uma folha de cheque da cooperativa de credito Sicredi no valor de 300 reais em nome de D.G.D., duas balanças, sendo uma de precisão. 

A senhora afirmou que seu genro teria guardado em sua residência tais mochilas e que esta desconhecia o conteúdo das mesmas. Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao mesmo, sendo necessário o uso de algemas conforme decreto 8.858, devido ao fundado receio de fuga e para preservar a integridade física da equipe e do indivíduo. 

Posteriormente deslocado até a 2 cia PM para confecção do boletim. Realizado a pesagem do entorpecente utilizando a balança pertencente a farmácia do Tchuco, sendo totalizado aproximadamente 25,5 kg de substancia análoga maconha, em 48 tabletes e 7 porções dentro de uma sacola e 33 g de substancia análoga a cocaína. Sendo encaminhado o preso e objetos até a 2ª SDP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário