terça-feira, 29 de maio de 2018

'Não vemos mais objetivo do movimento continuar', diz presidente nacional dos caminhoneiros sobre fim da greve

 O presidente da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Diumar Bueno, defendeu o fim da greve dos caminhoneiros na tarde desta terça-feira (29), após uma reunião com representantes do Governo do Paraná e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Curitiba.

"Não vemos mais objetivo do movimento continuar. Recebemos a informação de que existem caminhoneiros com vontade de terminar a greve, mas não estão conseguindo deixar os locais de manifestação", disse.

A CNTA afirmou que "a partir deste momento, entrando no 9º dia de paralisação, os caminhoneiros, suas famílias e toda a sociedade começam a sofrer um desgaste desnecessário".

Ainda conforme a confederação, "daqui para frente só haverá prejuízo aos caminhoneiros, de modo que a CNTA e todas as entidades sindicais de sua base, pedem a compreensão pelo fim da paralisação".

Bueno afirmou que o governo federal atendeu às reivindicações dos caminhoneiros. "No dia 27 ele cumpriu exatamente aquilo que nós tínhamos proposto, que seria a resposta pra categoria da pauta que foi colocada inicialmente (...) com as publicações das medidas provisórias nos itens principais e mais expressivos da categoria, nós entendemos que foi contemplada a pauta inicial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário