sábado, 9 de novembro de 2019

Carga de celulares e relógios contrabandeados avaliada em R$ 4 milhões é apreendida no PR

A Receita Federal apreendeu 1.000 celulares e relógios contrabandeados do Paraguai em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná, na noite de sexta-feira (8). A carga foi avaliada em R$ 4 milhões.

“Foi a maior apreensão do ano, principalmente em fundo falso”, disse o auditor fiscal da Receita Federal Cézar Falcão.

O ônibus seguia do Paraguai para São Paulo quando foi parado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-277. O veículo foi examinado com a ajuda de um scanner, que identificou a carga em fundos falsos, embaixo do assoalho.

A fiscalização ocorreu após a Receita Federal e o Batalhão da Fronteira da Polícia Militar (PM) suspeitarem que o ônibus levava mercadorias irregulares e avisarem a PRF.

Dentro de caixas encontradas nos fundos falsos, estavam celulares de última geração e relógios conhecidos como smartwatches.

“Esconder mercadorias em fundos falsos é um tipo de artifício conhecido por nós, mas não esperávamos que tivesse tanta mercadoria assim”, explicou Falcão.

De janeiro a outubro deste ano a Receita Federal localizou mais de 53.459 celulares em fundos falsos, 15% a mais que em 2018. O valor apreendido ao longo deste ano – R$ 36 milhões - é 35% maior que o de 2018 inteiro.

Três pessoas foram levadas à delegacia da Polícia Federal, mas apenas o motorista, que também é o dono do ônibus, vai responder pelo crime de descaminho. Ele foi ouvido, pagou fiança de R$ 40 mil e foi liberado na sequência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário