terça-feira, 14 de maio de 2019

Deputada Cristina Silvestri participa com Prefeitos de importante Reunião com Secretario Infraestrutura e Logística do Paraná

Responsável pelo escoamento de grãos e madeira em grande quantidade a PR-364, estrada que liga o município de Goioxim à Br-277, voltou à pauta de pedidos da deputada estadual Cristina Silvestri (Cidadania23). 

Em audiência com lideranças de Guarapuava, Goioxim, Marquinho e Campina do Simão, e o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex a reivindicação foi o alargamento da rodovia estadual. “Este trecho é uma passagem obrigatória para vários produtores rurais, que usam a estrada para escoar sua produção e receber insumos”, explica Cristina.

Para se ter uma ideia da importância dessa solicitação e da necessidade da obra, somente em 2018, propriedades rurais de associados à Cooperativa Agrária Agroindustrial , que tem lavouras no entorno de Goioxim produziram 150 mil toneladas de grãos. Já a Cooperativa Agroindustrial Coamo que possui uma unidade de recebimento às margens da rodovia, recebeu 378 mil sacas de grãos no ano passado. A Santa Maria Papel e Celulose, de Guarapuava, também utiliza a estrada para escoamento e, em 2018, transportou neste trecho quase 23 mil toneladas de grãos e 150 mil toneladas de madeira.

De Goioxim, estiveram presentes na reunião a prefeita Mari Terezinha; presidente da Câmara de Vereadores, Elson Luiz; vereador Olino Soares; vereador Duarte Ferreira; vereador Saulo de Olindo; vereador Nerson dos Santos; vereador Everaldo; e ex-prefeito Elias Schreiner.

De Campina do Simão, estiveram presentes o prefeito Miro; secretária de assistência social Eliane; secretário de finanças, Heber Scarpim; vereador Frigo; e vereadora Adriana Tomen.

De Marquinho, estiveram presentes o vice-prefeito Meinaldo Padilha; Secretário de Saúde Júnior Bolzon; presidente da Câmara de Vereadores, Antonio Santos Vaz; vereador Wilson Rodrigues; vereador José Maria; e vereador Zequinha.

Participaram do encontro, ainda, o presidente do Sindicato Rural de Guarapuava, Rodolpho Botelho, e o diretor-financeiro da Cooperativa Agrária Agroindustrial, Arnaldo Stock.

Nenhum comentário:

Postar um comentário