sexta-feira, 26 de abril de 2019

Esposa e amante são condenados pela morte de policial no Paraná

Depois de quase dois anos após o crime, Karla Fernanda Menezes e Fernando Lemes foram julgados e condenados por matar o soldado da Polícia Militar, Marcos Rodrigues Ferreira, em 2017. A mulher foi apenada a 21 anos de reclusão e o rapaz a 15 anos e seis meses de detenção. O julgamento começou na quinta-feira (25) e terminou apenas na madrugada desta sexta-feira (26).

Na época, Karla Menezes confessou ter tramado a execução do marido. As investigações apuraram também que o crime foi premeditado por ela e seu amante, o soldado do Exército Fernando Lemes, responsável pelo disparo que perfurou o pulmão de Marcos Ferreira, que morrendo dentro da própria casa no bairro Campo de Santana, em Curitiba.

O caso foi de grande comoção em 2017 e o auxílio de denúncias anônimas ajudou a Polícia a desvendar o crime, pois chegou a existir a possibilidade de ter ocorrido um latrocínio, roubo seguido de morte, com o desaparecimento do carro e dinheiro da vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário