terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Loba resgatada por índios em Mangueirinha passa por cirurgia

O lobo-guará encontrado ferido por índios da reserva de Mangueirinha, no sudoeste do Paraná, no dia 31 de dezembro, passou por cirurgia nesta segunda-feira (7). A espécie está ameaçada de extinção.

A fêmea estava desidratada e com uma das patas quebrada e infeccionada. De acordo com os índios, ela estava escondida em uma construção na área da reserva.

Depois de resgatado, o animal foi levado para o hospital veterinário do zoológico de Dois Vizinhos, onde deve ficar até concluir a recuperação.

Segundo o médico veterinário Rafael Rovaris Pinheiro, a loba estava convivendo com a fratura havia pelo menos 15 dias.

"Só depois de uma semana, com a limpeza da ferida e da infecção ser curada, é que a gente veio para a cirurgia. Foi complicada, pela ferida estar aberta, da fratura ser exposta e de bastante tempo de evolução e de ser um animal de vida. Mas, ocorreu tudo bem e a gente espera que dentro de 40, 60 dias ele já possa voltar a caminhar normalmente", comentou.

Também chamou a atenção dos especialistas que um lobo-guará tenha sido encontrado na região, já que o habitat natural do animal é a região do cerrado ou em áreas de transição com a caatinga, como nos Campos Gerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário