segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

HOMEM armado SE PASSA por POLICIAL na TOCA do Leão , mas acaba PRESO pela POLICIA MILITAR

A equipe recebeu informações por volta das 22h:50 min, relatando que na Toca do Leão havia duas pessoas ostentando armas de fogo e se identificando como policiais, durante o deslocamento a equipe recebeu nova informação que teria ocorrido dois disparos de arma de fogo no local e que os suspeitos estariam com um veículo fiat uno e uma pajero, ao chegar no local foi avistado um grupo de pessoas a principio em discussão enquanto uma equipe fazia abordagem das pessoas a outra equipe visualizou os veículos os quais estavam fechados.

 Em contato com o solicitante o Sr. J.R.L. e as testemunhas J.C. e V.G.L. passaram a relatar que avistaram as armas e ao se afastar do bosque ouviram o estampido de dois disparos de arma de fogo e que os indivíduos ao perceber que foi acionado a policia militar foram tirar satisfações dizendo “vocês não sabem com quem estão falando, sou policial em Guarapuava”. Mediante interesse de representação das vítimas por ameaça e perturbação do sossego e do trabalho, foi dado voz de prisão a ambos os quais novamente se identificaram como policiais passando a resistir a prisão, sendo necessário o emprego do uso moderado da força para conter os mesmos e assim necessário o uso de algemas conforme o decreto 8.858/16. 

As equipes realizaram buscas nos quartos (3 e 4) onde estariam alojados os indivíduos, sendo que no quarto 4 foi avistado na janela do lado de fora uma arma de fogo que teria sido dispensado, sendo identificada como um revolver calibre .38 marca S&W com quatro munições intactas e duas deflagradas, o qual os familiares relataram pertencer a pessoa de A.L.O.J. 30 anos, citando ainda ser o mesmo o autor dos referidos disparos, questionado os mesmo quanto a segunda arma informaram não possuir, sendo relatado pela testemunha que a esposa do senhor N.B. 28 anos, estava dormindo com a porta fechada no quarto 3, sendo assim solicitado por diversas vezes para que a mesma abrisse, esta resistia em franquear a abertura da porta, quando citado que iria ser arrombado a mesma, esta então abriu a porta, realizado então buscas no quarto foi localizado dentro de uma mala de viagem onde continha pertences de N.B. um revolver calibre .38 da marca taurus com seis munições intactas. 

Ao chegar a 2 SDP a pessoa de A.L.O.J. fingiu estar desmaiado sendo acionado o corpo de bombeiros, compareceu até a 2 SDP a equipe composta pelos soldados Ferreira e Matheus os quais informaram que o indivíduo apresentava apenas sintomas de embriaguez. Diante dos fatos as armas e os envolvidos foram entregues na 2 SDP para procedimentos cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário