sexta-feira, 2 de outubro de 2020

HOMEM que espancou a namorada no Paraná consegue fugir da polícia em Guaíra

Whebher de Oliveira Simão, acusado de espancar a namorada durante um churrasco em Paiçandu, foi perseguido pela polícia de Guaíra na última quinta-feira (1). O foragido acabou colidindo o carro contra um muro de um colégio durante a perseguição policial e conseguiu evadir do local.

Conforme a Polícia Civil, investigadores realizavam ronda pela cidade de Guaíra, quando avistaram um Audi/A3 sendo conduzido por um foragido da Justiça de Paiçandu, norte do Paraná.

Whebher tentou jogar o carro contra os policiais, que atiraram imediatamente contra os pneus do veículo que em seguia entrou em fuga até o colégio, onde conseguiu escapar.

Ainda durante as diligências, os investigadores descobriram o endereço onde reside o suspeito e no local encontraram uma pistola 9mm, além de 25 munições e porções de maconha.

Relembre o caso

De acordo com testemunhas, o homem teve uma crise de ciúmes durante um churrasco e, ao tirar satisfações com a namorada, de 32 anos, ele começou a agredi-la. Com socos e chutes, ele acertou diversas vezes a cabeça de Michelle Brito.

Homens que estavam na confraternização conseguiram conter o homem, que fugiu em seguida. A vítima foi encaminhada em estado grave para um hospital de Sarandi, também no noroeste do Estado, onde permanece internada.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações sobre o crime foram instauradas durante o final de semana e apontam que a intenção do namorado era matar Michelle Brito. A polícia busca informações sobre o paradeiro do agressor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário