sábado, 9 de novembro de 2019

KLIDSON ABREU, TREINADO PELO "LARANJEIRENSE" KLEBER RAMALHO, lutou bem mas a DECISÃO por pontos ACABOU DANDO O RUSSO

Em decisão polêmica, Klidson Abreu é superado por Shamil Gamzatov no UFC Moscou.... 
Único representante do Brasil no UFC Moscou, realizado neste sábado, na Rússia, Klidson Abreu perdeu em uma polêmica decisão dividida para Shamil Gamzatov (29-28, 28-29 e 29-28) no confronto de abertura do card principal do evento, válido pelo peso-meio-pesado.

O primeiro round entre Klidson Abreu e Shamil Gamzatov foi muito estudado e com pouca ação. Na segunda etapa, o brasileiro demonstrou mais efetividade, aplicou mais golpes e dominou as ações, claramente. O atleta da American Top Team - logo de cara - acertou um chute na costela de Gamzatov, que devolveu com chutes baixos. O brasileiro aplicou um jab e um cruzado, colocando pressão contra o russo, cujo condicionamento físico já estava comprometido. O brasileiro - a um minuto do fim da parcial - levou a luta para o chão, ficou por cima, porém, o anfitrião se levantou - ainda que sem tempo para trabalhar.

Possivelmente atrás no placar parcial, Gamzatov se mostrou mais perigoso e ativo no último round, talvez por saber que só um nocaute ou uma finalização o salvaria. A 1m30s do fim, Klidson se esquivou, colou o adversário contra a grade e trabalhou o clinche. Gamzatov se desvencilhou, mas Klidson voltou a atacar as pernas do rival, que terminou o embate pressionado contra a grade. O manauara, contudo, ouviu o dono da casa ser aclamado vencedor por uma controversa decisão dividida.

Derrotado em sua estreia, em fevereiro, Klidson buscava a segunda vitória no Ultimate - ele havia se recuperado ao vencer Sam Alvey em julho, por pontos. Invicto no MMA, Gamzatov anotou o 14º triunfo justamente em sua estreia na companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário