terça-feira, 8 de outubro de 2019

Por dia, seis notificações de violência sexual contra crianças são registradas no Paraná

A cada dia, seis possíveis casos de violência sexual contra crianças e adolescentes são registrados no Paraná, em média. É o que revela um recorte inédito de dados feito pelo Cadê Paraná, plataforma do Centro Marista de Defesa da Infância, em parceria com o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedeca) do Rio de Janeiro. 

Esse recorte aponta que entre os anos de 2014 e 2018 foram feitas 11.458 notificações de violência sexual contra jovens no estado. Cerca de 7% dos registros se referem à exploração sexual (exploração e pornografia, por exemplo). A maior parte, porém, é sobre abuso sexual, categoria que inclui estupro e assédio.
Nem todos os registros, porém, tratam de casos de violência confirmados, uma vez que mesmo para os casos suspeitos a notificação é obrigatória.

Ademais, não há como diferenciar as denúncias ou notificações relativas a suspeita ou confirmação de casos de violência.pessoas próximas, uutiizam rellação de confiança da crianla, que não percebe que aquela situação é de abuso. É uma pessoa de confiança. Ela é convidada, seduzida para aquela situação, o que a faz ter sentimento de culpa e resulta na demora em relatar. Muitas vezes a criança não se percebe numa situação de violência. Ela entende o que está sendo feita nela como um carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário