quinta-feira, 16 de maio de 2019

Chegada do clima mais frio é um alerta para as doenças do inverno

Em apenas uma semana, o Paraná confirmou 33 novos casos de gripe e nove mortes, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) nesta quarta-feira (15). 

Desde o começo do ano foram contabilizados 74 casos confirmados de Influenza no Paraná e 22 pessoas morreram pela doença. De acordo com a secretaria, 19 mortes foram pela gripe H1N1. Curitiba tem o maior número de casos confirmados, com 21 pacientes.

E, com a chegada dos dias mais frios, a tendência é que os casos de gripe e outras doenças transmitidas pelo ar aumentem, já que em dias mais frios a aglomeração de pessoas em ambientes fechados tende a ser mais frequente, aumentando o risco de transmissão ou contágio.

No momento o cenário no Estado é de atenção, já que em plena campanha de vacinação contra a gripe, boa parte do público-alvo ainda não tomou a vacina gratuita da campanha nacional. Em Curitiba, o número de vacinas aplicadas não havia atingido a metade da meta até o começo desta semana. A campanha termina no dia 31 de maio.

Outras doenças típicas de inverno que também deve-se dar atenção por causa do contágio fácil são os resfriados, conjuntivites e viroses. Os cuidados com estas doenças são semelhantes — evitar aglomerações, cuidar da higiene, não compartilhar objetos pessoais, usar o álcool gel quando possível e manter ambientes ventilados. No caso da gripe, tomar a vacina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário