terça-feira, 16 de abril de 2019

2.208 bovinos de corte: Qual o segredo de Laranjeiras do Sul?

Eu confesso a você que esse número também me surpreendeu. Comercializar 2.208 bovinos, bezerros e novilhas, de ótima qualidade de ponta a ponta da feira, na sexta-feira a noite, antes de iniciar o primeiro leilão, parecia uma tarefa nada fácil de ser cumprida.

Quando eu cheguei sexta-feira em Laranjeiras do Sul encontrei uma mangueira repleta de bons lotes, porém, já passavam de 20:30 quando o primeiro lote de bezerros Tabapuã pesando 173 kg fora arrematado por R$ 192,60 /@. E ainda entrariam em pista 1.028 bovinos de excelente qualidade. Mas que nada, 100 % de vendas e médias calculadas pela leiloeira para machos de R$ 6,50 /kg e R$ 5,70 /kg para fêmeas.

No sábado todos esses lotes deram espaço a novos 76 lotes de bezerros e novilhas que entrariam em pista ontem, domingo, 14 de abril. Eram aproximadamente 20:00 quando o leiloeiro arrematou o último lote, comercializando 1.165 cabeças, ao valor médio para machos de R$ 6,50 /kg e R$ 5,50 /kg para as fêmeas, segundo a LeiloIngá Leilões.

O poder da Gratidão

Eu quero escrever aqui sobre uma das palavras que mais ouvi neste final de semana: GRATIDÃO.

Durante a 15º edição da ExpoAgro, em Laranjeiras do Sul, tive o prazer de acompanhar de perto os passos do presidente da Sociedade Rural do Centro Oeste, meu amigo Wanderlei Portela.

Um evento inteiramente organizado pela sociedade rural, aonde todos os envolvidos estendiam carinhosamente a mão para o Portela por onde ele passasse.

Desde a abertura do leilão, a abertura oficial da feira, como autoridade maior e última palavra. Presente nos shows como porta voz de uma comunidade e respeitadíssimo nos dois grandes rodeios country e crioulo. Eu nunca vi nada igual.

Eu tiro o meu chapéu porque sei do empenho que se tem para organizar um leilão ou dia de campo. E ele ali reuniu milhares de pessoas, empresas e artistas com esse sentimento, de gratidão. A humildade dessa família que tão bem nos acolheu nesses últimos dias é sem dúvida alguma, um ponto fortíssimo, que fez pecuaristas de toda região levarem esses 2.208 bezerros e novilhas para serem comercializados.

Resumindo o baile, eu vi um grande evento. Um trabalho espetacular de integração entre rural, pecuaristas e leiloeira e sem dúvida alguma ampliei um pouco mais os alicerces do Marketing de Leilões da Evoluê. Nos últimos três leilões que trabalhamos 3.209 bezerros e novilhas entraram em pista.

                     

Evoluê.AG

Nenhum comentário:

Postar um comentário