quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

EXEMPLO : Vereadores proíbem hora extra dos funcionários da Câmara em Ponta Grossa



A Mesa Executiva da Câmara de Vereadores de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, proibiu que os funcionários efetivos da Casa façam horas extras. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município nesta quinta-feira (3) e vale desde o dia 1º.

As funções gratificadas também foram cortadas temporariamente. Uma análise será feita nos próximos dias para avaliar a necessidade dos serviços e uma possível contratação de novos funcionários, segundo o presidente da Câmara, Daniel Milla Fracaro.

“Estamos fazendo uma readequação interna para tentar diminuir os gastos da Casa”, explicou Daniel Milla.

De acordo com o documento, as horas extras só poderão ser feitas com autorização dos chefes de cada setor e do presidente da Câmara.

A Mesa Executiva ainda vai estudar a possibilidade de contratação de novos servidores para atender à demanda sem a necessidade de horas extras.

“No setor legislativo já analisamos a necessidade da contratação de uma ou duas pessoas. Já tem pessoas que passaram em concurso e esperam ser chamadas”, afirma o presidente.

Outra mudança publicada no ato administrativo foi no horário de trabalho dos funcionários comissionados, que antes era feito das 13h às 19h e agora será das 12h30 às 18h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário