sábado, 5 de janeiro de 2019

Evangélica, Sandra Terena é a primeira indígena da história a ocupar secretaria no governo federal

                 
A jornalista Sandra Terena, foi anunciada na tarde desta quarta-feira (2) como Secretária Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR), do ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, capitaneado por Damares Alvez.

Indígena do povo Terena, de uma aldeia fundada há 102 anos, na qual seu avô foi um dos patriarcas, Sandra Terena – ou “Alieté”, como é chamada na língua nativa, se tornou a primeira jornalista indígena do Brasil em 2003.
Tornou-se uma das principais vozes brasileiras na construção de políticas públicas direcionadas à defesa de direitos de comunidades tradicionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário