quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

TJ-PR julga nesta quinta (6) apelação de Carli Filho

No caso do ex-deputado estadual, a 1ª Câmara Criminal analisa se o cálculo da pena a ser cumprida por Carli Filho foi adequado. Em fevereiro, no júri popular em que foi condenado, Carli Filho foi sentenciado a 9 anos e 4 meses de prisão pelo juiz Daniel Ribeiro Surdi de Avelar.

A defesa pede que a pena seja reduzida para 7 anos, enquanto o Ministério Público de primeira instância pediu que o período seja maior, de 14 anos. O MP de segunda instância, por sua vez, sugeriu que a punição seja de 10 anos e 11 meses. Se a defesa conseguir o seu objetivo, Carli Filho utilizará tornozeleira eletrônica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário